Porto de Galinhas recebe o Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search

A Confederação Brasileira de Surf e a Rip Curl vão abrir o Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search de 2023, nas ondas do litoral de Ipojuca, no sul do estado de Pernambuco. Uma nova geração do surfe brasileiro vai competir no evento, que é “Muito mais do que um Campeonato de Surf”, nos dias 11 a 14 deste mês na Praia do Borete, pelas seleções estaduais das categorias de base em Porto de Galinhas, no município de Ipojuca. As competições são divididas por idade, em Sub-18, Sub-16, Sub-14 e Sub-12, nas categorias masculina e feminina. Os confrontos serão transmitidos ao vivo pelo canal CBSurfPLAY no YouTube e pelo site da Rip Curl – www.ripcurl.com.br.

          O tricampeão mundial, Gabriel Medina, é um dos surfistas revelados pelo Circuito Rip Curl Grom Search. Hoje é o principal surfista a nível global do time da Rip Curl e acabou de vencer o CT de Margaret River. Ele vai escolher dois convidados para competir na categoria Sub-16, um para a masculina e uma para a feminina. Os surfistas não inscritos pelas Federações Estaduais, podem participar de uma seletiva online, postando vídeos surfando com a hashtag #gromsearch. Medina vai selecionar os dois melhores nesse sábado (6/5), comentando na postagem do vencedor e da vencedora: “Você foi escolhido (a) como wildcard do Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search 2023!”.

          Os novos talentos do surfe brasileiro estarão todos na cidade de Ipojuca, que é conhecida internacionalmente pelas belezas de Porto de Galinhas, mas também se destaca no surfe. A Praia de Maracaípe se desenvolveu sediando grandes eventos desde a década de 90 e a Praia do Borete vai ser palco do primeiro desafio do Circuito Brasileiro das categorias de base do esporte.

          A prefeita de Ipojuca, Célia Sales, não mediu esforços para que o CBSurf Rip Curl Grom Search fosse realizado na cidade, com total suporte do Secretário de Esportes da Prefeitura, Danilo Lins, profundo conhecedor da importância do surfe para o município. É neste circuito onde surgem os novos talentos, que no futuro representarão o Brasil em competições internacionais.

          Os surfistas das categorias masculina e feminina, competem em quatro divisões por idade: Sub-18 para atletas com até 18 anos, Sub-16 até 16 anos, Sub-14 e Sub-12 até 12 anos. O limite das idades é estabelecido para o ano em curso. Por exemplo, participam da Sub-12, quem completar 12 anos até o dia 31 de dezembro de 2023.

          As 15 Federações Estaduais filiadas à Confederação Brasileira de Surf, são responsáveis para inscrever suas equipes no Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search. Os surfistas poderão participar em mais de uma divisão, desde que não ultrapasse a idade limite. Na categoria Sub-12, o máximo é de 24 competidores na categoria masculina e 16 na feminina. Na Sub-14, são 32 na masculina e 16 na feminina. E na Sub-16 e Sub-18, são 48 na masculina e 32 na feminina.

CAMPEÕES BRASILEIROS – Em 2022, o estado de São Paulo ganhou o título brasileiro por equipes, seguido pelo Paraná e Santa Catarina. Já os campeões brasileiros individuais, foram Ryan Kainalo da seleção paulista e Kiany Hyakutake do time catarinense na Sub-18, com Ryan Kainalo também ganhando a Sub-16, junto com Alexia Monteiro da equipe do Rio Grande do Sul. Na Sub-14, os títulos ficaram com o paulista Kalani Robles e a paranaense Luara Mandelli e os da Sub-12 foram vencidos pelo potiguar Arthur Villar e a paulista Carol Bastides.

          Os títulos brasileiros das categorias de base serão disputados em três etapas do Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search em 2023. A segunda está prevista para 10 a 13 de agosto no Guarujá (SP) e a terceira nos dias 12 a 15 de outubro em Garopaba (SC). Os campeões brasileiros individuais, bem como os próximos surfistas mais bem colocados nos rankings finais, contarão pontos para a formação das equipes que representarão o país em competições internacionais, como Panamericanos e Mundiais da ISA (International of Surfing Association).

          O CBSurf Rip Curl Grom Search é o Circuito de Surf de Base nacional realizado pela Confederação Brasileira de Surf em parceria com a Rip Curl e patrocínio da Silverbay, Brazinco, Teccel, Fu-Wax e Surfland, com esta primeira etapa de 2023 contando também com o importante apoio da Prefeitura Municipal de Ipojuca, Rodas da Liberdade, Pousada Maresia, Bar do Marcão e Federação Pernambucana de Surf. A competição será transmitida ao vivo pelo canal CBSurfPLAY no YouTube e no site oficial da Rip Curl www.ripcurl.com.br.

          Mais informações, notícias, rankings e calendários podem ser acessados no site oficial da Confederação Brasileira de Surf: CBSurf.org.br

ÚLTIMAS POSTAGENS
plugins premium WordPress